Shampoo Sólido de Coco para cabelo seco e danificado

Olá! Pessoal. A receita cosmética de hoje é um shampoo sólido de coco, que ademais de limpar, irá hidratar e tratar o cabelo. Um shampoo cremoso e condicionador. Elaborado com creme de coco, ingrediente derivado da polpa do coco, que assim como o óleo também contém inúmeras propriedades beneficiosas para hidratar além reparar o cabelo seco e danificado.

O creme de coco possui um uso destacado em produtos capilares, pelo seu alto teor em diferentes ácidos graxos, fortalece e hidrata o cabelo. Ademais de rico em vitamina E, um potente antioxidante que estimula o crescimento e repara danos nos folículos capilares. Além disso, contém proteínas que suavizam e nutrem o cabelo.

Shampoo sólido de coco: demais ingredientes e benefícios para o cabelo

Lecitina de soja, emulsionante de procedência natural. Contém vitamina (B), colina e inositol. Ajuda a diminuir o frizz, ademais de condicionar e fortalecer o cabelo.

Ácido esteárico, ácido graxo natural presente em plantas e animais, possui propriedades emulsificantes. Além disso, é um excelente agente emoliente para pele e o cabelo.

SCS (sodium coco sulfate) tensoativo limpador aceito por Ecocert. Ingrediente principal na elaboração da base do shampoo sólido de coco. Já que precisamos de um tensoativo de limpeza, no qual acrescentar os demais ingredientes.

Betaína de coco, tensoativo anfótero suave, espumante, antiestático, ademais de condicionador do cabelo e da pele. Aceito por Ecocert em produtos naturais, sempre que seja de fabricantes certificados.

Estearato de glicerilo (glyceryl stearate SE) cera auto-emulsionante, além disso, possui propriedades condicionantes do cabelo e da pele.

Shampoo sólido de coco
Shampoo sólido de coco
RECEITA
Shampoo sólido de coco
INGREDIENTES
55g tensoativo scs
10g creme de coco
10g ácido esteárico
5g lecitina de soja
2g tensoativo coco betaína
5g estearato de glicerilo SE
2g óleos essenciais (tea tree, ylang ylang)
extrato aromático de coco (opcional)

Nota

  • SCS (sodium coco sulfate): substituir por outro tensoativo em pó.
  • Edit: SCI (sodium cocoyl isethionate) não é mais permitido na cosmética certificada.
  • Betaína de coco: substituir por outro tensoativo anfótero.
  • Crema de coco: substituir por leite de coco.
  • Estearato de glicerilo SE: substituir por outro emulsionante ou álcool graxo.
  • Qualquer substituição precisa de testes prévios. Não tenho como prever se o resultado será o mesmo. Talvez, sejam necessários ajustes na receita. Faça uma quantidade pequena.

Espero que tenha gostado! Obrigada pela visita e nos vemos na próxima receita! 🍃❤️

Este post tem 18 comentários

  1. Fabi

    Oi Jana. Porque o SCI não é mais permitido na cosmética certificada?

    1. Jana Leal

      Oi Fabi, no momento acredito que apenas Cosmos-Ecocert não permite o uso de sci em cosméticos certificados. Cada ano eles fazem uma revisão e modificam a lista de ingredientes permitidos, não sei te dizer exatamente o motivo, mas imagino que seja pelo processo de fabricação do ácido isetiônico. Fora isso o sci continua sendo biodegradável de origem natural, só mudou mesmo o tema da certificação. Como sei que aí no Brasil o povo faz questão disso, coloquei a informação para que vocês fiquem cientes

  2. Fernanda Teixeira

    Olá Jana,
    Como vai?
    Se eu conseguir fazer uma fórmula com 42% de SCI (para cabelo seco) e outra com 48% de SCI (cabelo oleoso) isso seria um problema? Ou tenho que seguir a maioria das receitas que são de 50% a 70%?
    É que minha dúvida é se com essa porcentagem não estaria limpando o cabelo direito… pois fiz uns testes e com esses percentuais espumaram bem. 🙂 Tendo o SCI menos que 50% pode afetar o PH também?
    E quando passamos no cabelo o condicionador sólido da orelha pra baixo, todo fio recebe hidratação? 🙂
    Muito grata pela atenção! <3
    nanda

    1. Oi, Fernanda! Tudo e você? Vamos por partes, antes de nada é preciso entender que o shampoo sólido é uma base concentrada. A quantidade de tensoativos importa e não importa, sempre que a fórmula seja equilibrada e tenha um propósito, pois, também irá influir a mistura de ingredientes final na durabilidade e conservação do produto. Quanto ao pH sempre é possível corrigi-lo, assim que não se preocupe. Em relação ao condicionador, ainda não existe um produto que faça tal milagre, a hidratação terá efeito na parte onde seja aplicado o produto.

      1. Fernanda Teixeira

        Olá Jana,
        Estou bem também! 🙂
        Estudando muito! 🙂 <3
        Muito grata por sempre responder a gente aqui… e por tudo que nos ensina aqui! <3
        Entendi mais ou menos… 🙂 você acha que posso seguir essa quantidade de SCI ou melhor fazer de 50% para cima mesmo? Tenho usado manteigas, óleos vegetais e essenciais e proteina de trigo e p-pantenol juntos. 🙂
        É, ainda não medi o PH, pois pelas coisas que já li entendi um pouco que esses shampoos sólidos não mudam tanto o PH… 🙂
        Imaginei isso do condicionador… muito grata 🙂 <3
        grande beijo
        nanda

        1. Oi, Fernanda.
          Pode usar essa quantidade de SCI. O que sim te recomendo, é não exagerar na quantidade de óleos e manteigas. Já que pode comprometer a performance do shampoo. Quanto ao pH, não é exatamente assim que funciona, normalmente o SCI por ter um pH mais próximo à acidez natural do cabelo e, ser o ingrediente em maior quantidade na fórmula, o pH não costuma variar bruscamente. Mas dependendo dos ingredientes e da fórmula, pode que seja necessário fazer ajustes. No caso do condicionador é diferente.

          1. Fernanda Teixeira

            Olá Jana,
            Certo, entendi… essa quantidade estou me baseando em 100% da fórmula…. e tento de 12% a 20% de óleos e manteigas… meu cabelo é meio oleso mas da orelha pra baixo é pintado e fica ressecado… testei um para cabelo oleoso e condicionador também, mas percebi que fica um pouco oleoso…. =/ acho que vou tentar subir o SCI então… tenho feito só com esse.
            Muito grata, preciso tanto fazer esse negócio acontecer… <3 pela minha família e pelo mãe terra! <3
            grande beijo

  3. nandabellini

    Oi Jana, tudo bem com vc? Fiz esse shampoo e senti que meu cabelo ficou com a sensação de “muito limpo” mesmo sendo oleoso, sendo necessário usar condicionador. Qual outra receita vc indicaria nesse caso?

      1. Fernanda Teixeira

        Olá!
        Como vai?
        Espero que esteja bem! <3
        Ainda fazendo testes… nossa… já gastei todo meu SCI aqui. 🙁
        Estou testando nos cabelos das minhas filhas, que são secos e cacheados… 🙂
        Muitos erros e poucos acertos ainda… 🙁
        Coloquei alcool cetilico no shampoo, mas o mesmo ainda não endureceu… 🙁

        1. Oi Fernanda, tudo bem dentro do que cabe e da situação atual que estamos vivendo. Espero que você também esteja bem! Me diz uma coisa, o que você quer fazer e está fazendo exatamente?

  4. Ana Marcele

    Olá, tudo bem? Agradeço muito pelo conhecimento que transmite gratuitamente por aqui!! Sempre gostei muito desta área de Cosméticos naturais mas confesso que não compreendo muito… Queria me aprofundar mais nos estudos mas não sei por onde começar, como adquiro esses conhecimentos??

    1. Oi, Ana Marcele.
      Muito obrigada pelo cariño.
      Procure por cursos sobre o tema em sua cidade ou a distância.

  5. Marina Marcella

    Olá, Jana!
    Primeiramente quero te parabenizar pelos seu trabalho! Ainda há pouquissimo conteúdo assim em português!

    Estou com algumas questões que talvez você possa me ajudar. Eu fiz um curso de shampoo e condicionador natural no Canadá e a moça ensinou a gente a usar SCI e BTMS, mas vi aqui no seu blog que esses ingredientes não são mais liberados para a cosmética natural. Fiquei um tanto chocada por todas as marcas que eu investiguei a formula no Brasil usavam esses ingredientes. Não queria usar SCS porque quero fazer um shampoo sem sultafo. Existe alguma alternativa natural viável?
    Outra questão foi: Ela bateu MUITO na tecla de usar conservantes como o Nipaguard (Sorbitan Caprylate & Propanediol & Bencoic Acid). Disse que mesmo sendo produtos sólidos, os shampoos e condicionadores estão expostos a água e que diferentes dos sabonetes saponificados, não são auto conservantes, principalmente por conta do pH ser mais ácido e não alcalino como os saponificados.
    Ela alegou que fez testes em laboratório que comprovaram que os shampoos e condicionador sólidos sem conservantes desenvolveram fungos.

    Enfim, estou meio empacada nesses questões para escolher que ingredientes que vou comprar.

    Agradeço desde já,
    Marina

    1. Oi, Marina!
      Antes de nada obrigada pelo carinho!
      Vamos por partes, porque sei que é um tema bastante confuso para muita gente.

      A certificação natural é dada por associações (de produtores, empresários, etc) presentes em diferentes países. Na Europa temos o selo Cosmos Ecocert que engloba as principais e vamos dizer mais importantes certificadoras europeias.

      Nos EUA e Canadá pelo que sei não existe nada ainda similar a Ecocert. Sei que existem algumas associações e até mesmo empresas que possuem de forma independente seus próprios critérios em relação ao que é ou não natural. Não existe um consenso em nenhum país, porque a naturalidade de uma substância é determinada pela ciência (química, biologia, etc). As certificações, apenas fazem distinções entre o que é ou não natural para se diferenciar da outra cosmética, baseado em processos de produção, fatores de contaminação, sustentabilidade, saúde e outros critérios subjetivos.

      SCI é um tensoativo biodegradável, seguro e natural, o fato da Ecocert não aceita-lo hoje, são por questões técnicas e não porque ele seja um perigo para a saúde e o meio ambiente. A cera BTMS já possui duas problemáticas para os critérios da certificação. É uma cera catiônica, sendo o processo de quaternização mal visto pelas certificadoras europeias, devido principalmente a fatores ambientais. No caso a BTMS é biodegradável, porém não totalmente, ela também é tóxica para alguns organismos marítimos. Não que a forma que utilizamos seja prejudicial, é mais uma questão de vertidos e tal. Mas ao ter esses probleminhas que é bastante comum em outras ceras quimicamente similares, as certificadoras restringem o uso desse tipo de ingrediente.

      Quero dizer também que tudo é uma questão de escolhas, tendo a informação qualquer pessoa pode decidir por si próprio. As normas para um cosmético certificado não são de consenso nem mesmo podem ser tomadas como verdades. E na cosmética caseira, você verá de tudo, no caso sou bastante flexível, mas mesmo assim sempre procuro informar!

      Quanto ao conservante, veja só! Eu sempre defendo o uso do conservante, mas vou te explicar porque não uso em meus shampoos sólidos. Mofo e fungos em produtos sólidos podem aparecer, mas são problemas aparentes e fáceis de serem detectados. No meu caso, ademais de não considerar um problema grave, não costumo usar conservantes porque também utilizo ingredientes alternativos como os óleos essenciais para proteger meus produtos. Levo anos fazendo shampoos sólidos e condicionadores e nunca tive problemas nesse aspecto. Muitos por acumulação envelheceram no banheiro antes de se contaminar. Outra questão é: se você pretende vender, colocar conservante é sem dúvida mais que necessário.

      Alternativas: glutamatos
      Espero ter te ajudado. Um abraço,

      Recebi um print agora sobre seu post em algum grupo no qual uma invejosa, que diz ser experta em cosmética natural fez umas afirmações ademais de quimicamente equivocadas bastante venenosas sobre mim.

      Uma última coisa, o SCI não é etoxilado como essa pessoa afirma. O tensoativo sci já foi certificado por Ecocert e, ainda se encontra em marcas certificadas de produtos naturais, apesar de que algumas marcas já estão substituindo. A quaternização tampouco é a mesma coisa que etoxilação. A pessoa que se diz experta não sabe diferenciar, nem sequer os processos mais básicos relacionados a química cosmética.

      Vou colocar aqui marcas que possuem certificação natural que usam o sci:

      https://www.dehesia.com/producto/champu-solido-bio-cabello-graso/

      https://www.naturasiberica.es/champu-para-cuero-cabelludo-sensible-anticaspa

      https://www.aupaorganics.com/zero-waste/1174-champu-solido-de-naranja.html

      https://www.idun-nature.com/Lamazuna/Acondicionador-sC3B3lido-p-13967.html#tab-9

      1. Marina Marcella

        Boa tarde, Jana!

        Obrigada por essa resposta tão completa!
        Sanou as minhas dúvidas com certeza. Tenho gostado muito de trabalhar com o SCI e acho que não vou abrir mão dele mesmo, Só vou substitur a coco betaina porque tenho algumas pessoas próximas que são alergicas.

        Um abraço,
        Marina

        1. Oi Marina, obrigada pelo retorno e te peço desculpa pela situação incomoda, na qual essa individua que continua na sua saga de querer me atacar te envolveu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.