Receita — Esfoliante com extratos de plantas ativadoras da circulação

Olá pessoal! Ano novo, energias renovadas! E nada como iniciar o ano com uma receita de esfoliante facial e corporal composto por extratos de plantas, perfeitas para o cuidado da pele normal e oleosa, ademais de ativar a circulação, drenar e promover uma limpeza profunda!

Esfoliante caseiro, facial e corporal com extratos de plantas drenantes e ativadoras da circulação.

Entre os ingredientes mais importantes do esfoliante, está o extrato de sauce negro(salix nigra), composto principalmente de uma substância chamada salicilina (ácido salicílico natural), também conhecido como um beta-hidroxiácido (BHA). Além disso, possui propriedades esfoliantes, adstringentes, (sebo) reguladoras, anti-rugas, regeneradoras e reparadoras da pele. Se usa Inclusive como conservante antibacteriano, embora, não seja efetivo contra mofo e levedura.

Para elaborar o extrato caseiro da planta sauce negro, basta com uma simples decocção da casca da árvore para poder extrair seus ativos.

Vamos também usar o extrato da planta ginkgo biloba para melhorar as propriedades drenantes e esfoliantes do produto.

O extrato de ginkgo biloba possui efeito venotónico, mas além de melhorar a circulação dos membros inferiores e estimular a linfa, também é um potente antioxidante e anti-celulítico.

E por último e não menos importante, também vamos usar o extrato de alecrim.

Esfoliante com extratos de plantas ativadoras da circulação
Esfoliante com extratos de plantas ativadoras da circulação

RECEITA

Esfoliante com extratos de plantas ativadoras da circulação

INGREDIENTES

  • 15 g manteiga de karité
  • 5 g óleo de coco
  • 10 g álcool cetílico
  • 44 g água deionizada
  • 10 g tensoativo slsa
  • 2 g extrato de ginkgo biloba
  • 1 g extrato de alecrim
  • 5 g extrato de sauce negro (ácido salicílico natural)
  • 1 g óleos essenciais (menta piperita, menta arvense, sálvia)
  • 0,6 g conservante cosgard

NOTA

  • O açúcar se incorpora com o creme frio.
  • Ajuste o pH com ácido láctico em 5,5-6.
  • Substitua o tensoativo slsa por qualquer outro tensoativo natural.

Espero que tenha gostado! Obrigada pela visita e até a próxima receita! ❤️🍃

Este post tem 12 comentários

  1. Raquel Cadete

    Amei, Jana, o vídeo no YouTube ficou ótimo, parabens! Eu gostaria de saber se é possível substituir o álcool ceto pelo cetílico, ou se o sensorial vai ficar muito diferente… Se eu substituir seria na mesma quantidade? E como tensoativo pode ser o SCI na mesma quantidade? Grande beijo!

    1. JanaLeal

      Oi Raquel, o cetoestearílico e o cetílico são diferentes, porque ademais de espessante, o cetoestearílico é emulsionante. Poderia não funcionar tão bem e comprometer a estabilidade da emulsão com o tempo. No caso você pode usar o emulsionante glyceryl stearate (não auto-emulsionante). Quanto ao SCI, te aconselho usar um tensoativo anfótero também para ajudar na solubilidade dele. As quantidades seriam as mesmas. Muito obrigada pelo carinho 🙏🏻❤️

  2. camila

    Posso deixar de usar o tesoativo slsa? Ou substituir pelo decyl glucoside?
    obrigada

    1. JanaLeal

      Oi Camila! Pode substituir o slsa pelo decyl, só não deve prescindir de usar um tensoativo.

  3. Josiara

    Jana…perdoa as perguntas muito básicas….

    Posso substituir o SLSA (nao estou achando) pelo lauril glucosideo…é um tensoativo anionico tbm né? Usaria a mesma quantidade?

    1. Jana Leal

      Oi Josiara, pode usar, o lauril glucosídeo é não iônico. Faça uma pequena quantidade para testar e ajustes se necessário.

  4. Paloma

    Jana, bom dia.
    Na revista aqui no blog está como ingrediente o álcool cetílico. No vídeo está álcool cetoestearilico. Poderia me dizer qual dos dois usar? Fiquei na dúvida.
    Adoro suas receitas ❤️❤️

    1. Jana Leal

      Oi Paloma, sem dúvida o que está posto no video é o correto, já que muitos dos postes antigos quando fiz a mudança de hosting foram refeitos e, devo ter me equivocado. Assim que obrigada pela observação. Em todo caso é possível usar um ou outro sem problemas.

  5. renata guerra

    Oi Jana!! Esses extratos são a base do que? vc compra pronto ou faz o seu próprio extrato?

    1. Oi Renata, normalmente quando falo extrato, me refiro a glicéricos (água+glicerina). Quando são de álcool, oleosos ou aquosas sempre especifico como tal. Alguns faço e outros compro, depende da disponibilidade de encontrar a planta, já que moro em apartamento e não disponho de um lugar para plantar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.