Receita — Creme Base Artesanal Polawax

A receita de hoje é um creme, base artesanal com cera Polawax NF. Em primeiro lugar, um creme, base se elabora sem ativos além dos necessários para a conservação do produto. Tampouco leva perfume ou qualquer tipo de fragrância, visto que também é considerado um creme hipoalergênico. Sem dúvida a principal função dessa base artesanal é ser personalizável, com o fim de criar outros cremes específicos.

Antes de começar com a receita, quero falar um pouco sobre a cera, emulsionante polawax, que é o ingrediente principal do creme, base artesanal.

Creme base artesanal com cera polawax NF de origem vegetal

Creme base polawax

A Polawax NF é uma cera auto-emulsionante não iônica de origem vegetal, porém, não é tida como “natural”. Ainda que poucos entendam o motivo dela não ser considerada natural, quando sua origem é vegetal, mas o problema está em um dos ingredientes que compõe a cera. Já que ademais do álcool cetearílico temos também o monoestearato de sorbitano etoxilado (Polissorbato 60), conhecido como aditivo E435.

O que são os polissorbatos etoxilados?

Os polissorbatos são emulsionantes líquidos oleosos não iônicos, principalmente compostos por ésteres de ácidos graxos etoxilados a partir do sorbitano com óxido de etileno. De fato não são permitidos na cosmética natural certificada, devido ao processo de etoxilização que está proibido. Embora, polissorbatos apenas apresentam risco de toxicidade em doses elevadas, sendo maiormente em alimentos, devido a que também são aditivos usados em produtos de panificação e confeitaria, também pela indústria farmacêutica na elaboração de medicamentos de uso tópico, até em cremes vaginais podemos encontrar algum deles. Estão aprovados como seguros por diversas agências governamentais como, por exemplo, FDA (Food and Drugs Administration), para uso alimentar, agrícola, cosmético e farmacêutico.

É seguro utilizar polawax em nosso creme, base artesanal?

Bem, a quantidade presente da substância problemática na cera polawax é mínima (na dose está o veneno). Existem estudos que comprovam a segurança da mesma para a saúde e o meio ambiente. Além disso, apenas dentro dos parâmetros das certificadoras a Polawax NF não é permitida.

Para quem fabrica para uso próprio ou venda artesanal, a escolha é pessoal. Porque se trata de uma cera autoemulsionante fácil de trabalhar, sendo ideal para quem está começando e muito versátil (podemos elaborar diferentes produtos). Ademais, tem um bom custo para quem não pode ou não quer investir muito em matérias-primas caras, e, por outro lado, deseja um cosmético com ingredientes menos problemáticos que os convencionais.

Então espero que essa receita seja útil para vocês. Ainda que não seja completamente natural, sem dúvida é um bom começo!

RECEITA
Creme base artesanal polawax
INGREDIENTES
66 g água deionizada
8 g glicerina vegetal
10 g cera polawax
10 g óleo de coco fraccionado ou coco silicone
4 g álcool cetílico
1 g conservante
1 g vitamina E acetato natural

Nota

  • A base aceita até um (20%) de ingredientes á mais. Ainda assim certos ativos podem fluidificar a emulsão. Assim que faça testes prévios ou vá acrescentando creme até chegar na textura desejada.
  • Para diminuir o efeito branco ao aplicar a base, use óleos como os citados na receita. Caso não seja possível, opte por óleos com um toque seco. O efeito branco é normal em bases com óleos vegetais. Alguns ingredientes podem aumentar ou diminuir esse efeito pouco estético. Não significa que a absorção seja ruim. Nos cosméticos convencionais isso não acontece devido ao uso de ingredientes inertes como silicones e parafinas.

Espero que tenha gostado! Obrigada pela visita e até a próxima receita! ❤️🍃

Este post tem 22 comentários

      1. Esse conservante nipaguard é natural/livre? Estou tentando fazer cosméticos naturais, mas não entendo nada de química, não sou da área. Por isso pergunto sobre o conservante. Caso ele não seja, há um mais natural que posso usar? Obrigada

        1. Jana Leal

          Oi Paula, a qual Nipaguard se refere? Existem vários. Se for o Nipaguard SCE, SCA ou SCL que são os que conheço. Sim, são aceitos. Caso seja outro, coloca aqui o INCI e verifico pra você.

  1. Jana qual a utilidade do oleo de coco fracionado na receita? onde eu moro é muito caro, posso substituir por algo? que?

    1. Jana Leal

      Oi Anne. O coco fraccionado aparte de proporcionar um sensorial mais ligeiro sendo indicado para todo tipo de pele. Ele diminui o efeito branco de ensaboamento. Também é mais resistente a oxidação. A ideia é que a base seja para todo tipo de pele, daí a necessidade de escolher um óleo com características mais neutras possíveis.

    1. Jana Leal

      Oi Fátima, seria 1g de conservante ou a quantidade suficiente indicada pelo conservante que utilizar. Já que alguns conservantes são efetivos em quantidades menores.

    1. Jana Leal

      O coco fraccionado, é uma fracção do óleo de coco, ou seja, a parte gorda do óleo de coco é retirada, deixando o mais resistente a rancificação, ligeiro, emoliente, solúvel, etc. Todas estas características e outras mais, fazem do caprílico um excelente óleo para formular cosméticos naturais.

  2. Jana, estava estudando sobre emulsões e vi uma composição que junto a cera Polawax havia ao invés do alcool cetílico, o ácido esteárico. Verifiquei que ambos teriam a função de estabilizar a emulsão. Vc já fez algum teste substituindo o alcool pelo ácido? Fiquei bem interessada em entender se funcionaria esta substituição.

    1. Jana Leal

      Oi, Marta. Todo ingrediente espessante serve para melhorar a estabilidade da fórmula. A polawax com esteárico faz uma excelente sinergia. Não duvide em testar, o resultado é muito bom.

  3. Jana, boa tarde!
    Já vi receitas com água destilada? Faz diferença fazer o creme com água deionizada?
    Tks!

    1. Jana Leal

      Oi Elaine, ele é conhecido também como caprílico/ caprico triglicerídeos ou MCT (Medium Chain Triglyceride).

Deixe uma resposta

Fechar Menu