Receita — Máscara Capilar Lavanda e Malva

Olá pessoal! A receita cosmética da semana é um creme capilar com infusão de lavanda e malva, ademais de proteínas de trigo, ceramidas vegetais e óleos essenciais de lavanda, laranja e alecrim.

A aromaterapia moderna nasceu graças a lavanda

René Maurice Gattefossé era um químico perfumista francês, que acidentalmente descobriu os benefícios terapêuticos do óleo essencial de lavanda, no tratamento de queimaduras e gangrenas depois de um incêndio no seu laboratório. A partir desse momento ele começou a investigar as propriedades terapêuticas dos óleos essenciais.

O nome botânico Lavândula vem do latim “lavare”, que significa lavar, devido ao fato de antigamente ser utilizada durante o banho para lavar a mente e o espírito. A lavanda pertence à família da menta Lamiaceae, possui um aroma relaxante, ademais de propriedades sedativas e terapêuticas, sendo muito utilizada na idade media como antisséptico natural no tratamento e desinfetação de feridas.

Lavanda e malva, flores para o cabelo

A lavanda também possui excelentes benefícios para a saúde do cabelo, principalmente no tratamento da alopecia. A infusão de lavanda é um excelente tônico para o couro cabeludo, já que ajuda a diminuir a queda, estimula o crescimento do cabelo e combate a caspa, assim como o óleo essencial de lavanda.

Máscara capilar de lavanda e malva
Máscara capilar de lavanda e malva

A malva é uma flor silvestre comestível rica em mucilagem, vitamina C, niacina (vitamina B3) que ajuda a reforçar a fibra do cabelo e ademais confere brilho e suavidade ao mesmo.

Entre essas duas flores temos um conjunto perfeito de ativos para o cuidado do cabelo.

Prepare uma infusão com 1/2 xícara de chá de água e uma colher pequena de flores de lavanda e malva. Deixe descansar durante 10 minutos antes de coar.

🍃RECEITA
🍃Máscara capilar de lavanda e malva
FINGREDIENTES
A110 (g) infusão de lavanda e malva
B19,5 g óleo de abacate
B3 (g) manteiga de manga
B12 g cera btms (Cetearyl Alcohol and Behentrimonium Methosulfate)
C1,5 (g) proteína de trigo
C1,5 g ceramidas vegetais
C0,9 g conservante cosgard
C15 gotas de lavanda
C10 gotas de laranja
C10 gotas de alecrim

Modo de preparo

  • Pesa os ingredientes da fase oleosa enquanto prepara a infusão.
  • Leva a fase oleosa ao banho-maria.
  • Quando ambas fases se encontrem na mesma temperatura de 70 °C, 
  • Verta a fase aquosa sobre a oleosa e bata durante 3 minutos com uma batedeira ou mixer de café.
  • Prepare um banho frio e continue batendo manualmente até esfriar.
  • Acrescenta os ativos e o conservante cosgard a temperatura de 36 °C.

Nota

  • Edit: 21/11/2019. Cera BTMS (INCI: Cetearyl Alcohol and Behentrimonium Methosulfate) não é mais permitido na certificação. Substituía pela cera: Emulsense Hc se o que deseja é um produto conforme a certificação natural. Faça testes prévios e ajustes necessários.
  • Banho-frio: um bowl com água fria.

Espero que tenha gostado! Obrigada pela visita e até a próxima receita! ❤️🍃

Este post tem 19 comentários

  1. Uau, parece ótima, quero testar! Mas confesso que não compreendi a parte do “banho frio”. Pode me esclarecer por favor?? Grata, inclusive pela receita 😘

    1. Oi Sara!! O banho frio é colocar o recipiente na água fria para acelerar o resfriamento.

  2. Oi Jana, a ceramidas pode ser líquida? e a proteína de trigo pode ser a hidrolisada?

    1. Oi Caroline. A ceramidas é líquida e a proteína é a hidrolisada.

    2. Jana, Qual é o pH para máscara capilar? No caso dessa márcada o pH não precisa ser ajustado? Outra dúvida.. o pH de máscara capilar é o mesmo de condicionador? Grata :*

        1. Entendi. Você pode usar como hidratante ou condicionador. Tempo estimado 20 minutos.

  3. Oi Jana! Parabéns pelo seu trabalho!!! Sempre!!! Espetacular… O que posso fazer pra deixar a máscara capilar mais fluida. Meu cabelo é fino, liso na raiz e levemente ondulado abaixo. Todas as máscaras são muito incorpadas e meu cabelo fica pesado. Não consigo acertar nenhuma máscara hidratante pra ele. Se puder me ajudar agradeço.

    1. Oi Helen. A viscosidade da máscara não influi realmente no efeito pesado do cabelo. O que pode influir é a quantidade de óleos e o tipo de ativos. Meu cabelo por exemplo, é bem parecido ao seu. Ainda assim, me adaptei bem a esta máscara. É questão de provar e ver se funciona com o seu. Uma opção é substituir por outro óleo, o de abacate é bem nutritivo, mas se colocar um óleo de castanha do pará, amêndoa, macadâmia, coco fraccionado, etc… Talvez seu cabelo se adapte melhor. Outra alternativa é diminuir a quantidade de óleo. Tenho uma receita de leave-on que costumo usar como condicionador, pode substituir a cera olivem por btms, se desejar.

  4. Vou tentar diminuir então a quantidade de óleo e substituir por um outro pra ver como fica. E repensar os ativos. Nesse caso teria que alterar a quantidade do emulsionante também?
    Vou experimentar o leave-on também e depois conto o resultado. Obrigada pela atenção!

  5. Jana, Qual é o pH para máscara capilar? No caso dessa márcada o pH não precisa ser ajustado? Outra dúvida.. o pH de máscara capilar é o mesmo de condicionador? Grata :*

    1. Oi Mari. O pH desta máscara ficou em 5. Meça e faça o ajuste se necessário. O pH de qualquer um dos produtos em si pode ser o mesmo…Para condicionadores e máscaras e em geral o pH deve ser sempre ácido.

  6. ooi, qual a porcentagem de oleo que posso usar? e se mudar a quantidae de oleo muda a de BTMS? tem uma proporção?

    1. Oi Eduarda, as porcentagens estão todas aí. Se você quiser reformular ou formular outro produto, é questão de você mesma testar variando as porcentagens até chegar no resultado que deseja.

  7. Olá Jana boa tarde não consigo encontrar ceramidas vegetais existe algum substituto?

    1. Oi Nem, substituía as ceramidas por qualquer outro ativo da sua preferência para o cabelo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu