Manteiga Corporal de Cenoura perfeita para pele madura, seca e atópica

Olá, pessoal! Esta semana trago para vocês uma manteiga corporal de cenoura. Com uma textura suave e untuosa ademais de perfumada com absoluto de ládano e óleos essenciais de laranja e camomila, um toque aromático repleto de propriedades para o cuidado da nossa pele.

Além disso, devo dizer que estou apaixonada pela resina de ládano (Cistus ladanifer), um dos motivos de ter feito essa receita foi para utilizá-la. Ainda que o protagonista seja o óleo macerado de cenoura, uma inspiração que veio de um creme da Kiehl’s que há tempos venho namorando.

Manteiga Corporal de Cenoura: rica em betacaroteno percursor da provitamina-A

Assim que o óleo macerado de cenoura ou para ser mais exata a cenoura, é a protagonista dessa receita. Por ser é um dos vegetais com mais betacaroteno, um pigmento carotenóide antioxidante, percursor da provitamina-A natural.

A vitamina A encontra-se de duas formas: como retinol em forma ativa de origem animal sintetizada. E de forma natural como pigmento em frutas e vegetais ricos em carotenóides.

O betacaroteno se considera uma forma segura de receber vitamina A.

Que ademais de proteger a pele contra a oxidação melhorando sua aparência, também trata acne, além de suavizar e hidratar a pele seca, envelhecida e atópica.

Assim que o óleo de cenoura não é apenas um ativador do bronzeado como a maioria conhece. Suas propriedades cosméticas vão, além disso. Mas se o que queremos é manter o bronzeado ou preparar nossa pele para receber o sol, sem dúvida o óleo de cenoura é o adequado.

Como preparar o óleo macerado de cenoura

A maioria das receitas que encontramos na internet fazem a maceração em fonte de calor. Mas se queremos usufruir de todas as propriedades do vegetal, devemos macerar em frio.

Será necessário antes desidratar, ou seja, secar para retirar toda a água do vegetal. Corta-se em rodelas finas para facilitar o secado.

Uma vez seca, colocamos as rodelas de cenoura em um frasco de vidro e cobrimos com óleo. Deixamos macerar durante um mês, sempre agitando o frasco cada dia.

Depois é só coar e envasar em um vidro âmbar. E o óleo está prontinho para ser usado em nossos preparados cosméticos ou diretamente na pele e no cabelo.

Manteiga Corporal de Cenoura
Manteiga Corporal de Cenoura

RECEITA

Manteiga Corporal de Cenoura

INGREDIENTES

  • 6 g glicerina vegetal bidestilada
  • 0,5 g emulsionante estearato de sódio
  • 15,5 g água deionizada ou destilada
  • 1,5 g cera bellina
  • 2,5 g álcool cetoestearílico
  • 5 g manteiga de cupuaçu
  • 10 g óleo macerado de cenoura
  • 4 g óleo de abacate
  • 4 g óleo de amêndoa doce
  • 0,25 g conservante cosgard
  • 0,5 g óleos essenciais (absoluto de ládano, laranja doce, camomila azul)
  • 0,25 g vitamina E

NOTA

Espero que tenha gostado! Obrigada pela visita e até a próxima receita. 🍃❤️

Este post tem 6 comentários

  1. renata guerra

    Oi JANA!! Mto obrigada pela receita, tenho duas perguntas: essa manteiga aguenta bem altas temperaturas como no verão brasileiro ou ocorre precipitação quando derrete? outra coisa, qual seria a principal diferença ao se usar o estearato de sádio ou outro emulsificante como olivem 1000 ou estearato de glicerila?

    1. Oi Renata, essa manteiga não derrete, quanto a precipitar, imagino que você se refere a separação de fases. A separação de fases pode ocorrer com qualquer emulsão, por N motivos. Um deles seria substituir o emulsionante sem entender a fórmula. Se você quer saber a diferença entre eles é só ver o INCI. Também tenho um post sobre emulsões e emulsionantes, uma pequena introdução sobre as características químicas dos emulsionantes.

  2. renata guerra

    Oi JANA!! OBRIGADA PELA RESPOSTA. Não me referi a separação de fases, mas nas formulações de manteiga sem água, quando ocorre de derreter pelo calor, separa o óleo da manteiga, fica óleo embaixo e manteiga em cima….vc já viu acontecer?

    1. Na verdade, nunca vi porque não faço esse tipo de produto, mas isso ocorre porque quando o produto derrete as manteigas voltam ao seu estado natural que é sólido. Não é uma precipitação. É só derreter a manteiga e bater ela outra vez com o óleo, mas nesse tipo de produto sempre vai ocorrer isso quando houver mudança de temperatura, porque os estados das matérias são diferentes e não tem nada que dê consistência ao chantilly pra ele não derreter. Se você quer fazer uma manteiga que não derreta, tenho uma receita de manteiga de oliva que serve de exemplo, aqui no blog.

  3. renata guerra

    Oi Jana!! Qual seria a melhor substituição para a cera bellina nessa receita? mais acido estearico? vc usou para dar mais consistência é isso?

    1. Oi Renata, você pode substituir a cera bellina por cera de abelha, candelilla ou cera de arroz. Já o ácido esteárico te recomendaria não substituir porque vai modificar bastante o resultado. Porém, se não for possível faça um teste com algum álcool graxo, mas saiba que o resultado não será o mesmo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.