Receita — Batom nude natural — cor de boca

Olá pessoal!

A receita cosmética de hoje é um batom “nude” ou no caso cor de boca.

Hoje em dia temos uma variedade de texturas, cores e formas de batons, um produto muito querido pelas mulheres. porém, mais uma vez o chumbo aparece presente nos batons de marcas famosas mundialmente.

O chumbo é uma das substâncias “cancerígenas”, com maior presença ao longo da história da maquiagem em produtos de cosmética decorativa.

Instituições oficiais como a FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos e órgãos reguladores da UE na Europa, afirmam que a quantidade de chumbo presente é inferior à quantidade aceita como segura, ou seja, eles reconhecem que o chumbo está aí, porém, afirmam que a quantidade é mínima e não prejudicial à saúde.

Então, só cabe a nós, consumidoras desse tipo de cosmético, avaliarmos se vale ou não se expor a esse tipo de substâncias. Mas sem dúvida temos outras opções como elaborar nosso próprio batom ou comprar de marcas com responsabilidade social e ambiental.

Vamos fazer nosso próprio batom nude com essa receitinha que quero compartilhar com vocês?

Batom nude
Receita Batom nude

A cor escolhida para usar na base é nude, rosa pálido, ainda não sei bem como classificar, mas tampouco é necessário reproduzir a mesma cor, o importante é a base.

A fórmula do batom está composta por uma mistura de óleos, ceras e pigmentos prensados de forma homogênea. A textura é perfeita, fácil de aplicar com um pincel ou dedo, mas se pode envasar em um ‘stick’. Além disso, possui boa aderência, não é tão duradouro quanto um batom convencional. Já que se trata de cosmética caseira, e não dispomos dos recursos da cosmética convencional, nem de infinidade de ingredientes, mas o batom a parte de colorir os lábios também hidrata e protege, assim que temos um produto multiúsos.

🍃RECEITA
🍃Batom nude natural — cor de boca
FINGREDIENTES
A3,60 g cera de candelilla
A2,70 g cera de carnaúba
B1,86 g dióxido de titânio ou óxido de zinco
B1,50 g (argila) branca
B0,90 g pigmento rosa
C14,49 g óleo de rícino
C3 g óleo de macadâmia
C1,50 g (manteiga) de cacau
D1 gota de vitamina E
D3 gotas de óleo essencial de limão

Modo de preparo

  • Pesa as fases A, B, e C em recipientes separados. 
  • Mistura os ingredientes sólidos primeiro até homogeneizar. 
  • Acrescenta um pouco do óleo de rícino até forma uma pasta, utiliza um pilão se necessário para amassar os pigmentos.
  • Leva ao banho-maria a fase A até alcançar 80 °C. 
  • Leva ao banho-maria a manteiga e o óleo até derreter completamente.
  • Verta a massa de pigmentos na cera e misture.
  • Junte a fase C com as fases A+B, nesse momento a diferença de temperatura vai solidificar o preparado, leve outra vez ao banho-maria.
  • Por último adiciona o óleo essencial e a vitamina E.
  • Envasa antes de esfriar completamente.

Nota

  • Ferramenta para criar cores e paletas “online” trycolors.com.
  • Usei: óxido marrom, (mica) ocre rosé da Aroma-zone.

Espero que tenha gostado! Obrigada pela visita e até a próxima receita. ❤️🍃

Este post tem 13 comentários

  1. ola jana , adoro seu trabalho e suas receitas ,
    querida se puder explicar em algum momento mais sobre os pigmentos utilizados na cosmética natural . Pois pesquisando ainda não encontrei nada muito concreto… Tipos de corantes , óxidos, micas são naturais mesmo ou hoje em dia são sintetizados todos?corantes orgânicos (pó de beterraba , açafrão , espinafre em pó ) da pra usar neste tipo de receita ? Se ja criou algum post a respeito me perdoe …. gracias guria

    1. Jana Leal

      Oi D’Raiz, muito obrigada pelo carinho! Ainda não falei sobre o assunto, vou tentar explicar um pouco do que sei sobre o tema aqui rapidinho. Os pigmentos e corantes permitidos na cosmética natural são os de origem vegetal como os que citou; e os de origem inorgânicos(minerais) que são os óxidos e micas. O sintéticos não são permitidos na cosmética natural. Os orgânicos são sensíveis a oxidação. Você pode utilizar sem problema nesta receita, é necessário utilizar também a argila e o dióxido de titânio porque só com os corantes ou pigmentos é difícil obter cobertura, também são mais difíceis de dispersar, mas com paciência tudo é possível. Espero ter te ajudado. Um abraço!

  2. Jana, O dióxido pode ser substituído pelo óxido de zinco? E se eu quiser dar uma cor mais rosada, acrescentaria um óxido de ferro por ex? Grata

  3. Jana, o dióxido pode ser substituído pelo óxido de zinco ? Caso eu queira fazer um rosa mais forte posso acrescentar óxido de ferro vermelho escuro?

    1. Jana Leal

      Oi Lari, pode sim… pode substituir sem problema, e a cor fica por conta da sua criatividade. É importante trabalhar bem os pigmentos.., você pode usar um pilão ou uma espátula, e amassar bem a pasta…

  4. para uma cor intensa, diminuo o dióxido de titânio e aumento o pigmento?

  5. Oi Jana. Como consigo reproduzir uma cor alaranjada? Vermelho+amarelo?

Deixe uma resposta

Fechar Menu