Receita — Base de Maquiagem Natural de Aloe Vera

Olá pessoal!

Hoje trago uma receita cosmética de base de maquiagem natural com aloe vera, ademais de maquiar também vamos cuidar da pele, além de ter uma ótima cobertura.

Por que é melhor uma base de maquiagem natural?

Os produtos de maquiagem convencional possuem em sua lista INCI (International Nomenclature Cosmetic Ingredient) a maior porcentagem de ingredientes prejudiciais à saúde da pele, coberturas mágicas obtidas com agentes plastificantes, cores impossíveis logradas com ingredientes alérgenos, e duração infinita que não permite a pele respirar.

Assim que, estamos alimentando nossa pele com produtos potencialmente cancerígenos, ademais de diruptores endócrinos, e substâncias altamente alergênicas, além de elementos inertes sem nenhum beneficio para o cuidado da pele, pagando com nossa saúde, ademais do valor econômico exorbitado, justificado apenas pelo “marketing” agressivo e embalagens atrativas.

Mas existem também várias marcas que não utilizam ingredientes nocivos, ademais de seguras, e preocupadas não só com a nossa saúde, mas, também com o meio ambiente.

Embora não seja fácil reproduzir uma maquiagem com ingredientes naturais tão, eficiente quanto uma convencional, sim, é possível lograr ótimos resultados, mesmo em produtos caseiros, além de excelentes benefícios sobre a pele e a saúde, superiores a qualquer produto convencional.

A melhor escolha sempre é fazer nossa própria maquiagem

Base de maquiagem natural de aloe vera

Assim que, sem dúvida a melhor escolha é uma base de maquiagem natural, antes que uma convencional, se feita por nós, melhor ainda!

E o ingrediente que não pode faltar nessa receita, é o suco de aloe vera, já que, ele vai proporcionar um efeito plastificante e elástico de forma natural bem interessante na base, além de cuidar da nossa pele.

RECEITA
Base de maquiagem natural de aloe vera
INGREDIENTES
Fase A
19,74 g suco de aloe vera
0,18 g goma xantana
3,5 g glicerina vegetal
0,2 g goma aràbiga (acàcia)
0,04 g goma guar
Fase B
1,05 g acetato de isobutirato de sacarosa
2,87 g dióxido de titânio
1,14 g microesferas de silício
Fase C
1,75 g cera de candelilla
4,2 g óleo de coco fraccionado
1,75 g monoestearato de glicerila SE
1,05 g estearato de açúcar (éster de sucre)
0,35 g óleo de jojoba
Fase D
0,35 g tocoferol vitamina E
0,35 g conservante sharomix
0,35 g óleo essencial (melaleuca ou gerânio)
Cor da base
0,7 g óxido de ferro pardo
0,02 óxido de ferro negro.

Nota

  • O dióxido de titânio não representa nenhum perigo à saúde em produtos cosméticos, nem mesmo o nano. Somente quando inalado é considerado cancerígeno. Consulte a ‘web’ Safe Cosmetics para mais informação sobre ingredientes seguros.
  • *Acetato de Isobutirato de sacarosa (SAIB) é um ingrediente obtido da sacarose também conhecida como açúcar de mesa. Uso na receita opcional, ele confere um efeito gloss na base, mas pode ser substituído por um óleo vegetal.

Este post tem 0 comentários

  1. Éster de sucre é emulsificante, né? Usaste ele por algum motivo especial? Posso substituir por Olivem 1000 ou pelo Estearato de glicerila SE?

    1. Jana Leal

      Oi! Cris. Sim ele é um emulsionante. A ideia foi melhorar o sensorial e a estabilidade do produto. Te recomendo usar a olivem no lugar do estearato de glicerila e o estearato no lugar do éster de sucre. Seria uma boa combinação, não posso te confirmar o resultado, mas acredito que fique bom. Essa base tem uma boa cobertura e espalhabilidade.

    1. Jana Leal

      Oi, Cris! Me diz qual a sua dúvida? Porque, talvez tenha ficado confuso o modo de elaboração. Mas, as fases estão corretas.

      1. Tá, minhas dúvidas:

        No quarto ponto do modo de preparo o “ambas” se refere a A e C, né? Não a A e B, que foram citadas anteriormente.
        E no penúltimo ponto, espere arrefecer e acrescente C, mas acho que é a D. Hahahaha. Ai, tô confusa.

    1. Jana Leal

      Que nada, super te agradeço. Às vezes não tenho tempo de revisar, e como de por si, já sou distraída. O que não faltam são erratas no texto.

  2. Oi Jana .Boa tarde. Esse dioxido de silicio pode ser o alimentício? Muito obrigada pela formulação. .

    1. Jana Leal

      Oi Sandra, você se refere ao silício orgânico? Por que se for, o orgânico é de origem vegetal, o silício da receita é de origem mineral.

  3. Realmente não sei se é orgânico. É para por em suplemento alimentar. Aqui no Brasil nós encontramos , mas é na forma alimentar. A goma acácia ou arábica também, só na forma alimenticia. . Não sei como fazer. .Por favor me ajude com essas dúvidas. Mais uma vez, obrigada.

    1. Jana Leal

      Oi Sandra, vou te ser sincera. O único silício que conheço que se usa em alimentação é o orgânico. Assim que desconheço, se o mineral é vendido como suplemento também . A forma de você verificar é ver a composição do suplemento. Se for mineral, é o mesmo, se for orgânico não. A goma acacia e arábica é a mesma. Ela é de uso alimentar, cosmético e farmacéutico. Você pode comprar em lojas de alimentação ou de insumos cosméticos.

  4. Muito obrigada por esclarecer minhas dúvidas. Agora compreendo. Gratidão por compartilhar seus conhecimentos. Só tenho a lhe agradecer pelo carinho e atenção. Abraços

Deixe uma resposta

Fechar Menu