Receita- Shampoo Sólido de Algas Marinhas

“As algas são plantas principalmente aquáticas, de água doce e salgada. Algumas crescem em terrenos úmidos, na casca das árvores e na madeira. As algas absorvem e concentram elementos como vitaminas, minerais, oligoelementos, aminoácidos, etc., muito importantes para a saúde e em concreto para manter o bom aspecto externo da pele.

Com um conjunto de 25.000 espécies, as algas constituem o maior grupo vegetal da flora marinha. Dessas, somente são utilizadas umas vinte para tratamentos estéticos.”

Fonte: OFFARM

Esta claro pelo título e a introdução que a receita vai de algas.

As algas marinhas possuem um alto conteúdo de sais minerais e iodo, vitaminas, como a A, C e E, entre outras, ferro, hidratos de carbono e proteínas. Propriedades que ajudam a reconstruir, tonificar e fortalecer o cabelo.

E pelas propriedades dos ingredientes, temos um shampoo que é só amor para nossas madeixas.

O shampoo é indicado para todo tipo de cabelo, principalmente cabelo oleoso e sem volume.

RECEITA

1,00 g carragenina

1,00 g sal de mesa

98,00 g de água mineral


120,00 g tensoativo sci

1 folha de algas nori

1,00 g óleo essencial de limão

1,00 g óleo essencial de laranja

1,00 g óleo essencial de menta

mica azul ultramarino qs para cor desejada

Importante esterilizar todos o utensilios e a área de trabalho.

Pesar todos os ingredientes com uma balança de precisão.

MODO DE PREPARO

  • Na primeira parte da receita, prepare uma gelatina. Em um recipiente coloca a água, o sal e dissolve a carragenina. Leva ao banho-maria até alcançar os 80ºc. Aparta e aguarde esfriar.
  • Com uma tesoura, corta a folha de algas nori em pedaços pequenos, e misture aos tensoativos previamente pesados.
  • Com a gelatina em temperatura ambiente, incorpora pequenas quantidades aos tensoativos, sem deixar de misturar, seja com a mão ou com uma espátula, até formar uma massa. Adiciona os óleos essenciais. Caso seja necessário leve durante alguns minutos ao banho maria.
  • Quando a massa tenha consistência para ser modelada, enforme.
  • Esperar 24h para o produto secar completamente

Seaside Yoga

NOTA

  • Foram 4 barras de 30 g cada uma.
  • A gelatina que sobrar aproveita para utilizar no cabelo como finalizador.
  • Validade mais ou menos 6 meses.

🌿Qualquer mudança organoléptica  ou seja no odor, cor ou aspecto físico de um produto cosmético, o mais indicado é suspender o uso.

🌿 Sempre faço um teste com todas as minhas fórmulas, para observar a estabilidade e conservação do produto, algumas fórmulas são publicadas antes do teste e outras depois. Assim que fique atento as notas🗒, caso tenha interesse em reproduzir qualquer fórmula minha.

Se gostou, compartilha esta receita com seus amigos. Colabore para o crescimento do blog e da nossa comunidade, assim poderei continuar a trazer novas receitas, dicas e informação sobre cosmética natural.

Participe da comunidade DIY no Facebook, entre nos grupos associados ao meu blog, na minha fanpage vocês irão todos os grupos relacionados a comunidade DIY do Brasil e Portugal com muita informação dicas e receitas. 

Obrigada pela visita e até a próxima receita. <3

Anúncios

20 respostas para “Receita- Shampoo Sólido de Algas Marinhas”

    1. Então, a receita é um shampoo de algas, e a carragenina é uma alga. No caso você pode substituir por outra, mas você teria que modificar ou ajustar a fórmula, dependendo do substituto.

  1. Também não precisa de conservantes para os condicionadores sólidos?
    Usei algumas vezes shampoo sólido com lixívia (óleo saponificado), mas meu cabelo que é seco e volumoso, ficou ainda mais seco e volumoso. Lendo o artigo sobre ph no seu blog, concluí que o ph de sabão com lixivia é alcalino, com ph entre 9 e 10. Talvez seja por isso que meu cabelo ficou muito seco, apesar de ter usado o vinagre de maçã logo após a lavagem. Sua receita de shampoo sólido é bem diferente da saponificação de óleos vegetais e, talvez, seja melhor para o meu cabelo. Vou testar.

  2. Oi Jana. Você não colocou conservante nesse shampoo? Reparei que o shampoo sólido de Shikakai, Amla e Urtiga também não tinha conservante. Não é necessário, pois tem fase aquosa ambas as receitas?

    1. Não é necessário, uma das vantagem dos shampoos sólidos é não necessitar conservante. O que sim é preciso guardar sempre o produto depois do uso em um lugar seco.

  3. Oi quero fazer o shampoo sólido mas não encontro o produto SCI em nenhum lugar no Brasil, sabe me informar onde encontraria? Obrigada

    1. Oi Filipa. O tensoativo Tegobetaína não serve para fazer shampoo sólido. É necessário para realizar esta receita, um tensoativo em pó ou em escamas. Leia este post onde explico um pouco sobre os tensoativos para elaboração de shampoo sólido. https://meudiariodecosmeticanatural.com/2017/09/06/shampoo-barra-shikakai-amla-e-urtiga/
      Quanto a goma xantana, ela não é uma alga como a carragenina. O ideal seria fazer uma substituição por outro ingrediente com caracteristicas similares.

Deixe uma resposta